Polícia cumpre mandado de prisão contra segundo envolvido em latrocínio ocorrido em farmácia – Jornal Pequeno

A Polícia Civil do Maranhão deu cumprimento nesta terça-feira, 12,  a um Mandado de Prisão Preventiva contra G R J S, identificado como um dos autores do latrocínio (roubo que resulta em morte) que teve como vítima Flávio Mesquita. O crime ocorreu dentro de uma farmácia, no dia 16. 04.2022, por volta das 11h40, na Av. João Pessoa, bairro Monte Castelo, em São Luís.

Indivíduo já estava preso no sistema penitenciário (Foto: Divulgação)

No decorrer da investigação, a cargo do Departamento de Proteção à Pessoa (DPP), foram identificados os autores. O primeiro envolvido foi preso alguns dias após o crime, ocasião em que foi apreendida a moto utilizada na ação criminosa. José Raimundo dos Santos Costa, conhecido como “Baixinho” ou “Bananeiro” foi capturado no bairro da Areinha.

O segundo autor estava foragido no interior do estado. O DPP obteve informações de que o indivíduo teria retornado para capital, e descobriu que ele havia sido preso recentemente por roubo, estando custodiado no sistema penitenciário.

O indivíduo foi levado até a Secretaria de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP) para cumprimento do mandado de prisão e interrogatório, no qual confessou ter efetuado o disparo fatal.

Após os procedimentos de praxe, o preso foi reencaminhado ao sistema penitenciário.

O CRIME

Flávio Mesquita morreu durante roubo a uma farmácia localizada no Monte Castelo, em São Luís. Dois meliantes estavam em uma moto, quando um deles adentrou no estabelecimento e atingiu, com um tiro na cabeça, a vítima de 45 anos, morador do bairro da Alemanha. Os bandidos roubaram o celular e a carteira dele.

Flávio Mesquita foi assassinado dentro da farmácia (Foto: Divulgação)

Ainda segundo relatos iniciais, uma das funcionárias do estabelecimento conseguiu chamar socorro por meio de um aplicativo de mensagens.

Ver comentários Carregando

Admin